O último SAPOERNA…

30 08 2007



Risquei o fosforo
O vento apagou
Risquei outro
O nervosismo apagou
Risquei mais um
Puxei
Saía fumaça por tudo
que era buraco meu
Acendeu?
Acendeu?
Acendeu?
Fiquei na dúvida
Olhava, não via brasa
Acendeu?
Acendeu?
Acendeu?
Puxei
Prendi
Traguei…
Busquei o prazer.
Não achei…
Talvez não esteja
no primeiro trago.
Puxei
Prendi
[Olha o sustinho!]
Traguei…
Nada de prazer.
Apenas uma leve agonia
e algo queimando ainda
entre meu dedos.
Puxei
Prendi
Traguei…
Agora soltei pelo nariz
Nossa! Uma coisa incomoda
Fiz de novo…
Precisava saber descrever
cada detalhe.
Puxei
Prendi
Traguei…
Nariz…
É como se brasas apagadas
saíssem diretamente de suas narinas.
Estranho, incomodo.
O gostinho de cravo
ainda estava ali no
final da minha lingua!
Adoro beijar quem fuma…
mas fumar, realmente, não é comigo!


Anúncios




Para uma paixão pequena…

29 08 2007



E se eu deitar
no teu colo pequeno
você me faz
um carinho grandão?






Rima pobre…

29 08 2007

Se os meus dedos falassem
Será que eles diriam
que eu paresse de escrever?

Se os meus sonhos falassem
Será que eles me mostrariam
um caminho verdadeiro de acontecer?

Se minha rima não fosse tão pobre
Será que você
voltaria a me ler?

Versos Ricos!
[De quê?]





Um minuto de inspiração!

29 08 2007



Demorei tanto com o título que a perdi!






Velhas composições velhas

29 08 2007

Há 5 anos eu rabiscava isto:

“Hoje eu acordei
para tentar
de ti lembrar

Hoje eu senti
tudo que achava
sentir por ti”





Do outro lada de lá

23 08 2007

Para lá
só existe o agora
e o depois!

Não marque para horários
Marque para depois!





Poema do dia bom!

22 08 2007

Que hoje seja
um bom dia
Pela bondade
Pela vontade
E por tudo mais
que me acompanha!

Amém!