pistas

18 04 2010

veja se é loucura de militante gay ou se as coisas não se conectam; li arquivo de leitura:

“Para pensar:

“Os quadros de pensamento de uma época forjam os fatos e constroem a verdade histórica, na medida em que o pensável representa o possível”(SWAIN,2007,p.81).

Assim, temos que encontrar vestígios do feminismo na história, isto é, na versão hegemônica da história, através de teorias consolidadas em torno de “representações do mundo que o instituem enquanto realidade definida”(idem,p.82).

Precisamos retomar o passado e, ao mesmo tempo, não permanecer nele, criticando-o de forma a que possa ser criado um novo passado e, quiçá, um novo futuro.”

A Chauí fala um pouco disso pra vida geral e no plano geral até hoje, mas, bem que isso podia (e devia) ser jogado como lente para ler o Movimento LGBT, né…

não tenho dúvida que coisas ótimas veria-se. ui

as feministas já deram a dica, vamos nos jogar.

Anúncios

Ações

Informação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: