Brown cantou…

24 12 2007

“Minha cidade é linda demais… minha cidade é linda demais…”

Uma breve declaração ao meu amor: Salvador – Bahia!

Estou de volta gente! É bom também chegar em casa!

Anúncios




Últimos ares

23 12 2007

Um novo cíclo se fecha e outro se abre!

Estou voltando para a minha cidade linda e amada!

Dando um até logo a uma cidade maravilhosa… que já me deixa saudades!





Um breve até logo…

22 12 2007

Hoje será a última noite de curtição aqui no Rio. Vou terminar no Cine Ideal. Já estou com saudades! É sempre bom fazer uma reflexão de como cheguei e como estou partindo. As pessoas que conheci, os amigos que fiz. Violência tem no mundo inteiro. Eu andei tranquilamente pelo Rio de Janeiro! Peguei ônibus de madrugada… Entrei no carro de um anjo bebado chamado Fernanda [que na verdade é Felicia], um Ser impar que apareceu na minha frente aqui no Rio. Existem pessoas boas por aqui. Existem pessoas do bem por aqui. Há milhares de morros, favelas, mas o estado de guerra que tentam vender do Rio é absurdo. A violência bate na porta de qualquer um, seja aqui ou em Salvador ou em qualquer outra cidade.

Conheci e troquei figurinha com uma pequena galera de teatro daqui. Conheci e troquei figurinha com produções daqui. Conheci as principais boates da noite carioca e volto com um background fantástico desses espaços, sons, pessoas.

O Rio não é só Pão de Açúcar, Cristo, Bondinho, etc. Não vim aqui conhecer esses esteriótipos e não os conheci sem nenhuma dor no coração. Descobri que mais da metade da população nunca visitou o Cristo, pois é um absurdo o valor cobrado por um patrimônio que deveria ser público. O famoso Bondinho então… nem comento!

Um muito obrigado aos meus anfitriões: Ciça, Serginho, Gabriel, Endi e Cristina. Uma viva a minhas amigas que acompanharam e aturaram minhas loucuras: Elisa e Priscila!

Levo daqui saudade, beleza, novos amigos e contatos… Deixo a certeza de que voltarei! Irei trabalhar para criar condições de retornar a essa cidade que realmente merece o título de maravilhosa!





Últimos rabiscos [páginas]

21 12 2007

É… minha vinda ao Rio de Janeiro está acabando, assim como o dinheiro! [risos!]

Ontem fui de novo ver o set do DJ Robix. Ele é MUITO bom! Nunca fui fã de tribal, mas o dele é diferente… é bom de ouvir e dançar! Ele sabe agitar! Além de ser uma simpatia de pessoa!

Tenho aproveitado os últimos dias para curtir, ter uma vida boêmia e divetida… Saí da neura de conhecer os lugares turísticos da cidade. Vim para cá relaxar, curtir e não gastar 40 reais para andar de bondinho ou 30 reais para visitar a estatua do Cristo. É um absurdo cobrar valores tão altos para um bem que deveria ser público. Mas enfim, se é para dar vivas ao capitalismo, vou pensar no meu bem estar então! Sou ateu, graças a Deus, então não preciso visitar o Ele feito de concreto lá em cima… [risos!]

Hoje vou novamente no Galeria Café… Espero me divertir muito! Salvador, tou voltando!





Poema para voltar…

20 12 2007

Meus pés já descalços
Sem sapatos, sem calçados…
Sem vaidades que vão e vem
Cheios de mim
De minha vontade de andar
De minha loucura em andar…
Sem rumo ou com
não importa… só quero
andar…
O menino levado
o muleque safado
o carro, a grana e os convites
já foi ou chegou cedo demais…
Fico no meu canto
escrevendo versos feios
de métricas loucas…

Agora eu só quero
e vou continuar
a andar…



Acho que vou sair agora para andar um pouco…
Saudade… Há tempos não sentia dessa maneira isso…





Não sei o que, não sei o que… das rosas vermelhas!

19 12 2007

Ontem o dia foi muito engraçado… Priscila veio para a Vila Isabel depois do almoço e resolvemos sair para visitar o Jardim Botânico… O ônibus demorou tanto no caminho que chegamos às 17h10min, o acesso para visitas já estava fechado.

Saímos de lá e fomos em direção a Lagoa, caminhar um pouco, dar risada, contar piadas, fazer loucuras! Andamos, andamos, andamos, até cansar e quebrar em uma rua para o Shopping Leblon. Fomos a procura de “Across the universe” [acho que escreve assim…], mas já havia saído de cartaz do cinema. Aquele povo hiper-requintado do shopping me irritava, foi quando sugeri irmos para o calçadão ver o mar do Leblon.

Chegamos lá! Ficamos na areia brincando com quem passava, loucos para tomar uns tapas, sem dúvida… Até que puxei papo com uma moça que estava sentada há algum tempo no banco ao nosso lado e rindo das bobagens que falavamos… Perguntei: “Você já viu Chico correndo por aqui?”. Ela negou… e já foi se enturmando, perguntando se não eramos daqui etc etc! Final da história, conversamos muito com a Lorena e ela indicou muitas boates bacanas e locais para irmos… Ela também curtia música eletrônica, graças! Então tudo bem, tudo ótimo!

Resolvemos ir para casa e depois sair para uma boate! Pegamos o 433 e ao sentar dei minha mochila com biscoitos e minha lupa linda edição especial da chilli beans para as meninas segurarem… Ainda falei a frase “cuidado para não esquecerem minha mochila aí”. Dito e feito, no nosso ponto final, após sair do ônibus, dei por conta: “cadê a minha mochila?”… Esqueceram no ônibus… Ainda tentamos correr até o final de linha que era ali próximo [mentir, longe pacas!, mas nada! O ônibus já havia partido e nada de mochila…

Na volta para casa comemos um Yakissoba num carrinho desses de rua. Estava até gostoso e barato. R$5,50 um grande! Ficamos de voltar outro dia…

Chegamos em casa, tomamos banho, começamos a beber… Vodka com guaraná… Energético está muito caro! Saímos loucamente de casa os três em direção a Copa… Copacabana! No ônibus os três loucos cantavam, conversavam com todos e arrancaram várias risadas das pessoas! É bom… o carioca ri pouco… um povo frio, muitas vezes, de uma terra tão quente! O título do post foi uma frase que falei dentro desse ônibus, mas que não lembro mais agora… Enfim, nos encaminhavamos para uma boate chamada La Cueva… Assim que chegamos na porta perguntamos ao segurança “como está aí dentro?”… ele: “está um pouco vazia”… Ok! A boate só tinha os três, o DJ, o dono e os dois seguranças da porta. Entramos e saímos na mesma hora… Uma coisa boa aqui é a variedade de espaços noturnos… Duas ruas após ali, já havia outra boate, onde fiquei até de madrugada, enquanto que as meninas resolveram voltar para casa!

Hoje irei no Cabaré Casa Nova, fica próximo a Lapa, haverá uma festa de uma galera de Teatro daqui do Rio… Me chamaram e eu vou! Estou com o orçamento apertadíssimo, portanto, hoje só vou beber se pagarem para mim!





E as férias continuam…

18 12 2007

Continuo de férias, mas com certa vontade de retornar para a minha cidade! O dinheiro tá acabando!!! [risos!]

Adiantei minha passagem, voltarei no domingo dia 23! Me esperem!